Saiba o que fazer em caso de extravio de bagagem

Postado Por : admin/ 185 0

Você já deve ter ouvido sobre pelo menos um caso de extravio de bagagem, mas o que fazer caso aconteça com suas malas?

Quais as causas mais frequentes de extravio de bagagem?

O extravio em conexões é a ocorrência mais frequente, pois durante uma troca de aeronaves você pode embarcar no próximo voo e sua mala não. Além disso, também pode ocorrer uma falha em alguma fase entre o check-in e a colocação da bagagem na esteira. Nesse caso a responsabilidade é da empresa aérea ou terceirizada. Também há casos de engano (onde a mala vai para a esteira e outro passageiro pega pensando que é a dele), furto (que pode acontecer tanto na área interna como externa) e perda.

 

O que fazer em caso de mala extraviada

Comunique imediatamente por escrito ainda no aeroporto a companhia aérea através do RIB – Relatório de Irregularidade de Bagagem. Depois de deixar o aeroporto há o limite de 7 dias após o desembarque para registrar a ocorrência. Caso não consiga preencher o RIB, utilize o SAC via e-mail para deixar documentada a reclamação.

Se sua bagagem não for entregue imediatamente, você deve exigir uma compensação financeira para comprar itens de primeira necessidade. O valor pode variar de acordo com a rota e a empresa, mas gira em torno de US$ 150,00 em voos para o exterior e R$ 380,00 em voos nacionais.

Guarde os recibos e comprovantes, pois eles serão exigidos. Caso sua bagagem seja entregue com mais de 72 horas do seu desembarque, você terá direito a uma compensação maior.  Porém, a empresa tem 7 dias em voos domésticos para se posicionar. Essa regra foi implantada pela Anac para tornar o processo menos injusto para o passageiro.

Para extravio em voo internacional, a companhia aérea deve reembolsar as despesas no limite de cerca de R$ 5.300,00, que será pago em até 14 dias. Além disso, o passageiro poderá contratar um seguro adicional.

Em caso de furto, além de um RIB é preciso fazer um boletim de ocorrência na delegacia. Colete número do voo, o nome da empresa aérea e todos os dados que conseguir.

 

Dicas para evitar mais transtornos com o extravio de bagagem

  • Nunca despache na mala celulares, eletrônicos portáteis, dinheiro e cartões de crédito;
  • Faça uma inspeção depois de retirá-la na esteira e guarde com cuidado o comprovante de despacho;
  • Leve uma muda de roupas limpas e itens de primeira necessidade, como remédios, pasta de dente e agasalho na mala de mão;
  • Declare e faça seguro de itens valiosos;
  • Evite despachar malas de grifes caras e sofisticadas, pois podem chamar a atenção de bandidos.

 

Com a Clube Turismo Bauru você viaja sem preocupações!

Assim como o extravio de bagagem, existem muitos fatores que podem interferir em sua viagem. Viaje com quem entende do assunto, explore destinos inesquecíveis com a Clube Turismo Bauru!


Procurando dicas para sua próxima viagem? Continue acompanhando nosso Blog!

Vai viajar com menores de idade? Veja os documentos necessários

Postado Por : admin/ 160

É muito comum se deparar com dúvidas antes de fazer uma viagem. Você sabe quais documentos são necessários para viajar com menores de idade? Confira!

É muito comum se deparar com dúvidas antes de fazer uma viagem. Você sabe quais documentos são necessários para viajar com menores de idade? Confira!

Regras para viagens nacionais

Para viajar com menores de idade entre 0 a 12 anos com um dos pais ou parentes de até terceiro grau é necessário o documento de identificação do menor ou do adulto. Pode ser o RG, passaporte ou Certidão de Nascimento (original ou autenticada). Se você for avó da criança por exemplo, deverá levar seu documento de identidade, o da criança e dos pais para comprovar que é a mãe deles.

Já se a viagem for feita sem parentes ou responsáveis legais é preciso preencher uma autorização judicial no site da ANAC. Ela permite a viagem sob tutela de um terceiro e deve ser impressa em duas vias e autenticada em cartório. Não é possível viajar sem nenhuma autorização antes dos 12 anos completos. Mas existem companhias aéreas que oferecem o serviço de acompanhamento para crianças de 5 a 12 anos.

Com 12 anos completos é possível viajar desacompanhado dentro do país. É necessário apenas apresentar um documento de identificação.

 

Como viajar com menores de idade para fora do Brasil?

Crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos não precisam de autorização se ambos os pais tiverem presentes. É necessário apenas o passaporte e outros tipos de documentos que o país de destino exija, como por exemplo a Carteira Internacional de Vacinação. Caso ainda não tenha sua certificação de vacinas, confira em nosso artigo como fazer a emissão.

Para viajar com menores de idade na presença de apenas um dos pais, é necessária uma autorização reconhecida em cartório e assinada pelo outro responsável. Clique aqui para acessar o documento que deve ser impresso em duas vias. A cada nova viagem para o exterior é preciso o preenchimento de um novo documento. Se um dos pais for falecido deverá ser apresentada a Certidão de Óbito (original ou autenticada).  O mesmo procedimento é válido para viagem de menores desacompanhados.

Em uma viagem com menores de idade acompanhados por um terceiro, o adulto que conduz a criança deve portar uma autorização do Conselho Nacional de Justiça. Ele deve ser em duas vias, assinado por ambos os pais e autenticado em cartório.

Fonte: Melhores Destinos

Hospedagem

O Estatuto da Criança e do Adolescente proíbe a hospedagem de menores de 18 anos em hotéis, pensões e estabelecimentos similares na ausência dos pais ou responsáveis. Quando não houver um tutor legal, o adulto deve apresentar durante o check-in uma Autorização Para Hospedagem De Menores Desacompanhados autenticada em cartório e em duas vias.

 

Viaje com quem é especialista

Para planejar uma viagem com segurança é preciso ficar atento a muitos detalhes. Com a Clube Turismo você tem a melhor experiência em sua próxima viagem! Entre em contato conosco!


Procurando dicas para sua próxima viagem? Continue acompanhando nosso Blog!

Como tirar a carteira internacional de vacinação e viajar seguro

Postado Por : admin/ 213

Para viajar tranquilamente é preciso estar atento à todos os detalhes. Tirar sua carteira internacional de vacinação é um deles! Saiba mais!

Para viajar tranquilamente é preciso estar atento a todos os detalhes. Tirar sua carteira internacional de vacinação é um deles!

Vacina contra a febre amarela

A vacina contra a febre amarela é uma proteção exigida por diversos países e também por algumas áreas do Brasil. Como por exemplo, a Amazônia e o Pantanal. Muitas pessoas acabam não concluindo suas viagens planejadas de última hora por não terem a carteira internacional de vacinação. Por isso, é recomendada esta prevenção mesmo para quem não tem uma viagem marcada para um dos países que exigem o certificado. Esteja pronto!

Há algum tempo a vacina possuía validade de 10 anos. Porém, desde 11 de julho de 2016 a vacina contra a febre amarela passou a ter validade para a vida toda, incluindo até mesmo as que foram tomadas antes da nova regra. Confira mais detalhes.

 

Vacine-se!

 

Se eu soubesse que me vacinar seria tão rápido, prático e indolor, já teria cuidado disso há mais tempo.

Mariana Amaral

Para tomar a vacina é preciso procurar um posto de vacinação, que pode ser tanto municipal, estadual como uma clínica particular. É preciso apenas apresentar sua carteira de identidade. Na rede pública a vacinação é oferecida gratuitamente e sem hora marcada. Ao final você receberá um certificado comprovando que tomou a vacina. Não jogue fora.

Fique alerta: a vacina precisa ser tomada no mínimo 10 dias antes da viagem.

 

Como tirar a Carteira Internacional de Vacinação

Para emitir seu Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia procure um Centro de Orientação para a Saúde do Viajante da Anvisa e apresente sua carteira de vacinação preenchida e um documento com foto. O certificado fica pronto na hora e não tem nenhum custo. Viaje seguro levando sua carteira internacional de vacinação, seu passaporte e sua carteira de identidade.

Fonte: ma10

Quem não pode tomar a vacina?

Pessoas em tratamento com corticoides, quimioterapia ou radioterapia. Pessoas alérgicas aos componentes da vacina, portadores de HIV e mulheres grávidas. Bebês com menos de 6 meses têm direito ao certificado de isenção da vacina.

 

Como tirar a Carteira Internacional de Vacinação

Afeganistão  África do Sul  Albânia  Antígua e Barbuda  Angola  Anguilla  Antilhas Holandesas
 Arábia Saudita  Argélia  Austrália  Bahamas  Bangladesh  Bahrain  Barbados
 Belize  Benin  Bolívia  Botsuana  Brunei  Burkina Fasso  Burundi
 Butão  Cabo Verde  Camboja  Camarões  Cazaquistão  Cingapura  Chade
 China  Colômbia  Congo  Coreia do Sul  Costa Rica  Costa do Marfim  Cuba
 Djibouti  Dominica  Egito  Equador  Eritreia  El Salvador  Etiópia
 Fiji  Filipinas  Gabão  Gâmbia  Gana  Guiné Equatorial  Granada
 Guadalupe  Guatemala  Guiana Francesa  Guiné  Guiné Bissau  Haiti
 Honduras  Iêmen  Ilhas Maurício  Ilhas Reunião  Ilhas Salomão  Ilhas Seychelles  Índia
 Indonésia  Irã  Iraque  Jamaica  Jordânia  Kiribati  Laos
 Lesoto  Líbano  Libéria  Líbia  Madagáscar  Malaui  Malásia
 Maldivas  Mali  Malta  Martinica  Mauritânia  México  Mianmar
 Moçambique  Montserrat  Namíbia  Nauru  Nepal  Nova Caledônia  Nicarágua
 Níger  Nigéria  Omã  Panamá  Papua Nova Guiné  Paquistão
 Paraguai  Quênia  Quirguistão  República Centro Africana  República Democrática do Congo  Ruanda
 São Cristóvão e Nevis  São Vicente e Granadinas  Saint Barth  Saint Helena  Saint Martin  Samoa
 Santa Lúcia  São Tomé e Príncipe  Senegal  Serra Leoa  Somália  Sri Lanka  Sudão
 Suazilândia  Suriname  Tailândia  Tanzânia  Timor Leste  Togo  Trinidad e Tobago
 Tunísia  Uganda  Venezuela  Vietnã  Zâmbia – Zimbábue

(Lista atualizada em dezembro de 2018)

 

Cidades brasileiras onde a vacinação é recomendada

Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação é muito importante para quem viaja para áreas endêmicas do Brasil. Sendo elas Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Piauí, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Viaje seguro com a Clube Turismo Bauru!

Tirar a carteira internacional de vacinação é essencial para viajar com segurança. Mas existem muitos outros fatores que podem interferir em sua viagem. Viaje com quem entende do assunto, explore novos destinos com a Clube Turismo Bauru!


Procurando dicas para sua próxima viagem? Continue acompanhando nosso Blog!

Tudo que você precisa saber para tirar seu passaporte!

Postado Por : admin/ 265

Tirar seu passaporte pode parecer algo muito burocrático, mas fique calmo! É bem mais simples do que você imagina e separamos as principais informações para te auxiliar nesse processo. Confira!

Tirar seu passaporte pode parecer algo muito burocrático, mas fique calmo! É bem mais simples do que você imagina e separamos as principais informações para te auxiliar nesse processo. Confira!

Qual a documentação necessária para requerer um passaporte?

– Documento de identidade

– CPF

– Passaporte antigo (se houver)

– Comprovante de pagamento da Guia de Recolhimento da União – GRU

 

Desde 29 de dezembro de 2017 a consulta à quitação eleitoral e à situação junto ao serviço militar é feita no momento do atendimento. Devido a isso, não é necessário levar título de eleitor ou comprovante de quitação com o serviço militar.

Lembrando que, todos os documentos devem ser originais.

Foto: Pedro França/Agência Senado

Como solicitar o passaporte?

O processo começa no site da Polícia Federal, onde o interessado deve preencher o formulário eletrônico de solicitação. Caso queira renovar seu passaporte é preciso seguir o mesmo procedimento.

Você irá digitar seus dados pessoais no formulário e ao clicar em “próximo”, irá inserir os dados do seu documento de identidade. É obrigatório enviar os dados da certidão de nascimento para os menores de 12 anos e de casamento para quem for casado.

Se este será seu primeiro passaporte, selecione a opção “nunca teve passaporte comum, de emergência, para estrangeiro ou laissez-passer brasileiro”.

Se pretende renovar o passaporte, selecione entre as outras opções a que mais atende sua necessidade.  No campo “dados complementares”, preencha sua profissão, seu e-mail e seu endereço. Caso o passaporte seja para um menor de idade, um campo com “Autorização de Viagem para Menor” irá aparecer. Nele será exigido que uma das três opções existentes seja selecionada.

Fonte: Polícia Federal

Escolha a cidade onde deseja ser atendido na última tela do formulário. Após preencher todos os dados, você irá escolher o posto do Departamento de Polícia Federal (DPF) mais perto de sua localidade para entregar os documentos pessoalmente e retirar seu passaporte em mãos. É preciso agendar uma data de apresentação em algumas unidades do DPF.

 

Pagamento da taxa para concessão

Depois de completar seu cadastro, o site irá emitir uma Guia de Recolhimento da União (GRU). Você deverá imprimir ou salvar o boleto em seu computador ou smartphone e efetuar o pagamento até o vencimento.

O valor da taxa de concessão do passaporte é de aproximadamente R$ 257,25. Leve o comprovante de pagamento impresso ao Departamento da Polícia Federal. Apenas depois do pagamento da taxa é possível agendar um horário no site da PF para entregar seus documentos.

 

Entrega dos documentos

Vá até o posto do Departamento de Polícia Federal na data e horário agendados previamente. Leve a documentação original exigida, o comprovante da GRU e seu protocolo de solicitação.

Não é necessário levar uma fotografia 3×4, pois sua foto será feita no momento em que você for chamado para apresentar seus documentos. Além disso, também serão colhidas suas digitais e assinatura. Para renovar o passaporte é preciso levar o documento anterior, mesmo que ele ainda esteja válido.

Após o atendimento você terá de aguardar a data para retirar seu passaporte. O prazo pode variar bastante, pois há épocas em que há muitas solicitações e o sistema sobrecarrega.

 

Retirando o passaporte

Com RG e protocolo (entregue no dia da apresentação de documentos) em mãos, compareça na PF no horário e local indicados. Você está pronto para viajar! Conheça nossos pacotes e viva grandes momentos e experiências marcantes. Fale conosco!


Procurando dicas para sua próxima viagem? Continue acompanhando nosso Blog!

Quais são os documentos necessários para ir para a Disney?

Postado Por : admin/ 945 0

Um dos destinos preferidos dos turistas brasileiros. É o local para se encantar, brincar e sonhar, com qualquer idade. É claro que estamos falando da Disney. Onde moram as grandes estrelas, personagens do cinema. Também onde estão os maiores parques do mundo.

Um dos destinos preferidos dos turistas brasileiros. É o local para se encantar, brincar e sonhar, com qualquer idade. É claro que estamos falando da Disney.

Onde moram as grandes estrelas, personagens do cinema. Também onde estão os maiores parques do mundo. Mas, para usufruir de todo esse sonho é preciso ter planejamento no momento de organizar a viagem, para que ela não seja frustrante. Nesse artigo preparamos algumas dicas para te orientar em relação aos documentos necessários para a viagem. É um cuidado simples que evita um possível problema.

 

Na viagem, os principais documentos que um turista precisa ter em mãos são:

  • Passaporte
  • Documento de identidade
  • Passagens
  • Reserva dos hotéis
  • Carteira de motorista internacional
  • Dinheiro, cartão de crédito e afins

 

Documentos de identidade, passagens, reserva de hotéis, carteira de motorista, dinheiro, são itens mais fáceis de separar. Vamos explicar detalhadamente sobre outros documentos necessários, que podem gerar dúvidas.

Como faço para tirar o passaporte?

 1 – Tenha a documentação necessária

O primeiro passo é reunir a documentação necessária, como carteira de identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho, título de eleitor e comprovantes que votou na última eleição, CPF (caso não tenha na cédula de identidade ou CNH), documento que comprove quitação com o serviço militar, no caso dos homens).

 

2 – Preencha a solicitação no site da Polícia Federal

Após conferir a documentação necessária, entre no portal da Polícia Federal e preencha os formulários e agende o horário e o posto para ser atendido.

 

3 – Pague a taxa

Depois de agendar o horário e preencher os dados no formulário do site da Polícia Federal, clique para gerar o boleto de Guia de Recolhimento da União (GRU). Esse mesmo comprovante de pagamento deve ser apresentado com a documentação mencionada no primeiro tópico.

 

4 – Compareça no dia agendado na Polícia Federal

Após esses passos simples, é só esperar o dia e ir até a Polícia Federal, que irá conferir a documentação, tirar a fotografia, coletar as digitais e marcar o dia para retirar o passaporte. Feitos esses procedimentos, é só aguardar ficar pronto!

Retirei o passaporte, qual o próximo passo?

 Agora é a vez do visto. Preste muita atenção nessa etapa.

 

  • O primeiro passo é por meio da internet. O turista deve preencher um formulário chamado DS-160. As perguntas são em inglês, mas têm tradução.

 

  • Faça o pagamento da taxa. Ela custa US$ 160 (cerca de R$ 500) para os vistos B1/B2. E são duas as formas de pagamento: boleto bancário ou cartão de crédito. Importante: guarde o comprovante de pagamento. Você poderá precisar dele quando for coletar suas impressões digitais e tirar foto, nos próximos passos.

 

  • Agende dia e local. Você realizará duas etapas presenciais para tirar o seu visto: a visita ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) e a entrevista no consulado ou embaixada. Entre as alternativas de locais, esta parte só pode ser realizada pessoalmente, estão Belo Horizonte, Brasília, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

 

  • Vá ao CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto). Leve os documentos necessários para dar prosseguimento nas demais etapas, a equipe dará a orientação.

 

  • Faça a entrevista na embaixada. Quem tem entre 14 e 79 anos precisa comparecer pessoalmente à embaixada ou consulado para sua entrevista. Os solicitantes com até 13 anos ou mais de 80 anos podem entregar a documentação por meio de um representante.

 

  • Após esses passos, o turista entrega o seu passaporte. Em geral, no fim da entrevista, já se tem o resultado final. Ou seja, se for negado, volta com o seu passaporte para casa. Caso seja aceito, o passaporte com o visto é entregue em até dez dias úteis.

 

 

VACINAS

Outro item que não pode ser deixado de lado são as vacinas. Manter a vacinação em dia, principalmente antes de realizar qualquer viagem, é fundamental para garantir a sua segurança e a de quem estiver por perto.

Fique atento às obrigatoriedades do país de destino e lembre-se de tomar pelo menos com dez dias de antecedência. Uma das formas para descobrir se o país de destino exige alguma vacina é entrando no site da Anvisa.

 


Viu quantos procedimentos? Eles fazem parte da viagem. Pode parecer cansativo, mas estas são etapas que antecedem os momentos de aventura que você terá em sua viagem! Se você tem o sonho de conhecer o Mickey, conte com a gente! Nós da Clube Turismo Bauru somos especialistas em deixar o seu sonho ainda melhor!